Breve historial,

Sim, corria o ano de 1986 quando alguns homens valorosos - dos quais, entre muitos outros, cumpre destacar Domingos Vaz Pinheiro e Raul Firmino Miranda Cardoso Pereira - sonharam, lutaram e conseguiram, no início como rádio pirata e com a frequência 96.2 FM, a alegria de dar voz a um Povo, a uma região, inicialmente o Vale do Vizela.
Como corolário da sua tenacidade, ao início da noite do dia 13 de Junho de 1986, pela voz de Pedro Paulo Leite Pedrosa - que protagonizou a primeira emissão da Rádio Vizela e, por isso, dela se tornou ícone - as gentes da região puderam ouvir e passar a usufruir da programação desta estação emissora. Desde então e até 23 de Dezembro de 1988 - data em que, por razões legais, passou a estar silenciada - em emissões, inicialmente, apenas com programas noturnos e, mais alargados, aos fins-de-semana.
Porém, poucos meses volvidos e a Rádio Vizela passou a incluir na sua grelha programas diurnos e noturnos diários, vinte e quatro sobre vinte e quatro horas, que levaram a estação a trilhar o seu caminho, recebendo apoios e saudações sem conta levando a que, dizem os comerciantes, se tenham esgotado na região os aparelhos de rádio com FM.
Até que, em 23 de Dezembro de 1989, mercê de muito trabalho, o mérito dos seus fundadores - que, entretanto, em 31 de Maio de 1988, constituíram a atual forma societária, então obrigatória, de Cooperativa - fomos premiados com a atribuição à Rádio Vizela - Cooperativa de Radiodifusão, CRL do seu tão ansiado Alvará para exercício da atividade radiofónica, agora através da frequência, que já faz parte do quotidiano de muitos milhares de pessoas em todo o mundo: 97.2 FM.
E eis que, finalmente, chegado o dia 23 de Junho de 1990, as gentes dos Vales do Vizela e do Sousa passaram, com alegria, a poder usufruir do direito a ter voz, a fazer-se ouvir e respeitar.

Semanário RVJornal

Desde então, sustentada em Cooperadores dinâmicos e altruístas, coadjuvados por excelentes Colaboradores, a jovem Cooperativa passou a desenvolver um projeto, sempre renovado, de construção de uma linha programática que pretendeu, como continua a pretender, ser um veículo de divulgação dos anseios; vontades; tradições, culturais, religiosas, desportivas; atividades económicas, empresariais e associativas das gentes daquelas regiões de onde, preferencialmente, provêm os seus públicos.

Para alcançar tal desiderato, num segundo momento marcante da sua história, em 27 de Junho de 2003, com assinalável êxito, diga-se, a Cooperativa criou e lançou um jornal semanário que veio a batizar com a feliz denominação de RVJornal.

Semanário que, passou a partilhar o mesmo espaço da sua irmã mais velha, a Rádio, que o acolheu de braços abertos e com a qual, numa simbiose perfeita, veio engrandecer o património inteletual e imaterial da Cooperativa.

Rádio Vizela on-line

Cerca de quatro anos e meio depois, corria então o ano de 2007, àquelas duas valências veio juntar-se uma outra, ou seja, a Rádio Vizela on-line.
Com efeito, no dia 23 de Novembro daquele ano de 2007, a Rádio Vizela- Cooperativa de Radiodifusão, CRL, passou a utilizar a Internet, momento em que, dando o primeiro clic, permitiu que todas as suas valências, num fluxo de dois sentidos, pudessem levar e trazer, assim as ligando, as vozes e desejos das gentes dos Vales do Vizela e do Sousa.
Sendo que, dando continuidade ao trabalho iniciado oito anos e meio antes, em 19 de Março de 2016 - dia de muito significado para as gentes de Vizela - agora sustentada no importante investimento que efetuou, pretendendo elevar e potenciar, em prol da sua busca constante de instrumentos que tornem o Mundo cada vez mais pequeno e, desta forma, aproximem os nossos públicos, por ele espalhados, dos seus pátrios lugares e entes queridos, a Cooperativa dotou-se de um novo, moderno e atraente, sítio na internet.
E foi, pois, assim, num crescendo imparável que, mediante o esforço abnegado e desinteressado de muitos, que a Cooperativa chegou aos nossos dias, em que, contando com os seus Cooperadores, Trabalhadores e Colaboradores, todos nos mais distintos domínios, alberga já cerca de uma centena de pessoas, cuja missão se reduz ao objetivo de, infra enunciado de, cumprindo o estatutariamente determinado, prestar um serviço público de qualidade.

Missão, valores e compromissos,

A Rádio Vizela - Cooperativa de Radiodifusão, CRL, tal como, hoje, determinam os seus Estatutos, é uma instituição, sem fins lucrativos e de cariz multisetorial, enquadrando-se no ramo cultural do setor cooperativo consignado na alínea f) do artigo 4º do Código Cooperativo, aprovado pela Lei Nº 119/2015, de 31/08 e demais legislação complementar aplicável, tem por objeto a emissão radiofónica, por via hertziana ou por quaisquer outras formas de propagação, de programas destinados, essencialmente, às populações dos vales do Vizela e do Sousa, de produção própria da emissora e, bem assim, a publicação periódica de um jornal e/ou de quaisquer outros meios de comunicação social.
Sendo que constituem seus princípios e fins essenciais: a)- a defesa e promoção em geral da música e cultura portuguesa, nomeadamente através da sua divulgação e difusão na região dos vales do Vizela e do Sousa e do incentivo aos, novos e já consagrados, artistas locais e nacionais; b)- contribuir para a informação ao seu público e população em geral acerca das realidades e problemas de natureza, nomeadamente, económica, social, política, educacional, religiosa e desportiva; c)- trabalhar para o desenvolvimento da comunidade local, interagindo nomeadamente com as estruturas locais e regionais que prossigam objetivos similares. Não podemos, porém, esquecer, as vertentes, lúdica e a voltada para a solidariedade social, que, com incomensurável satisfação, nos vemos crescentemente empenhados e mobilizados. Obrigado por gostarem de nós.