VIZELA É ASSIM E LUTA ATÉ AO FIM

Manuel Marques

2019-03-14

Partilhe:


Na próxima terça-feira o Município de Vizela vai homenagear um bom punhado de vizelenses que durante a sua vida esteve de mãos dadas ligadas com o desporto. 
Manuel Campelos foi dirigente do FC Vizela, Manuel Marques Guerra foi jogador deste clube e todos os seus quatro filhos vestiram a mesma camisola - no caso do mais velho (Moisés) jogou ainda no Moreirense e Varzim -, Xavier de Freitas vai já com alguns anos de Presidente do Conselho Fiscal do FC Vizela e Rogério Caldas foi jogador de andebol e dirigente do Callidas Club. 

A instituição (Confraria de S. Bento) que a Câmara Municipal também vai reconhecer é presidida por José Armando Branco ex-presidente do FC Vizela, clube onde desempenhou variadíssimas e heroicas tarefas. 
Estas distinções surgem no mesmo ano em que a Autarquia (pela qual milhares de vizelenses lutaram para erguer de 1998 para trás e por isso mais do que merecido o monumento do Povo que se mostrará terça feira na rotunda da Farmácia S. Miguel) distinguiu dois FC Vizela: Fernando Costa Vieira com nome numa avenida e o Futebol Clube de Vizela com memorial próximo do Estádio no seu ano 80. 
O desporto não se faz sem política e a política não se faz sem desporto porém nunca ninguém viu uma bandeira partidária num estádio de futebol ou pavilhão gimnodesportivo. O que se vê são bandeiras dos clubes, bandeiras nacionais e bandeiras municipais. Os partidos são outras coisas que às vezes nada tem nada a ver com política antes pelo contrário. 
Não surpreende por isso que os poderes políticos instituídos (veja-se o caso do Presidente da República a colocar sucessivas comendas aos vitoriosos desportistas portugueses) tenham, ao longo dos anos, mais cedo ou mais tarde, reconhecido quem, através do desporto, enalteceu o nome de Portugal ou apenas das suas terras. 
Compete às Câmaras Municipais essa tarefa de avaliar e reconhecer pois demonstram estar atentas ao que se faz no exterior à sua volta e reconhecem o trabalho feito por carolas que no dia a dia das suas tarefas recebem mais amargos de boca e consumições do que palavras de incentivo. 
Falta reconhecer ainda muitos outros vizelenses? Claro que sim. Mas já faltaram mais. 

Bom feriado municipal para todos e viva o concelho de Vizela.