Uso de roupa usada VS Uso de calçado usado

Ana Rita Pedrosa

2017-10-12

Partilhe:


No nosso dia a dia podemos reaproveitar roupa, aquela roupa que já não serve e passa de familiares mais novos ou que por questão de peso deixou de servir, pode ser usada. 
O mesmo já não se aplica ao calçado. Apresentamos como exemplo os ténis, quando apresentam um elevado desgaste já não são bons companheiros para o exercício, pois já não vão proteger os pés do contacto com o solo e não amortecem o impacto a nível muscular e articular. 
Um calçado bem ajustado ao pé evita lesões  ao nível do tornozelo, calcanhar e joelho, promove um impacto mais natural, melhora a aderência e o conforto do pé. 
O calçado usado pode ser prejudicial, porque acaba por ficar com uma determinada forma, por causa do desgaste, dos pés do seu primeiro utilizador. 
Isto pode causar desconforto ao andar e até mesmo alterar a forma de caminhar para se adaptar ao próprio desgaste do calçado. 
Em idades precoces é de evitar o uso de calçado usado, é importante o uso de calçado bem-adaptado, caso contrário podem prejudicar a posição dos pés e influenciar o movimento, pondo em risco a formação correta do membro inferior.