Remate Certeiro 25.07.2019

Hélder Freitas

2019-07-25

Partilhe:


Para o ano vão existir quatro equipas de Vizela nas provas distritais seniores da AF Braga (inédito); CCD no Pró-nacional, S. Paio na Divisão de Honra, e S. Adrião e Tagilde na 1ª divisão o que por si só deve levar a que haja um dérbi no campeonato.

A tendência pode ser a de criação de mais equipas (Montesinhos e Infias a curto prazo podem ser uma realidade) pois as infra-estruturas de que vão dispor “exigem” outro tipo de competição, sem qualquer desprimor pelas provas organizadas pela AFP Guimarães, mas os clubes por direito próprio procuram provas com outra visibilidade, com mais mediatismo e com outro tipo de receitas previsíveis...

Ou seja, num concelho tão pequeno como Vizela, todas as suas freguesias podem vir a estar representadas a nível sénior com as suas equipas integradas nos quadros da AF Braga, sendo que no caso da União de freguesias de S. Paio e Tagilde, terá mesmo duas equipas…

Infias e Montesinhos têm por inerências várias os seus recintos mais atrasados, mas tudo indica e leva a crer que vão dispor de espaços altamente funcionais para as provas em que se podem inserir e vir a disputar. No caso do Tagilde, dizermos que o sintético ficou pequeno é uma realidade, mas uma outra verdade insofismável é que o mesmo permite jogar na divisão de honra da AF Braga (prova disputada pelo S. Paio) onde estão presentes outras equipas com mais história do que o próprio Tagilde e que nunca passaram daí por variadíssimas razões que nem seque importa aqui escalpelizar.

Tudo isto para dizer que os novos sintéticos serão também muito daquilo que os próprios clubes poderão crer para o futuro. Com maior ou menor ambição, importa é pôr toda a gente a praticar desporto e fazer uso fruto de espaços que fazem com que o pequeno conselho de Vizela não tenha comparação direta em termos de estrutura nas redondezas e aqui entenda-se rácio de estruturas para a prática desportiva com o número de habitantes existente.