Remate Certeiro 19.09.2019

Zélia Fernandes

2019-09-19

Partilhe:


1-Em nota de Imprensa, a Câmara Municipal de Vizela refere ter chamado a si a gestão e utilização dos pavilhões desportivos das escolas do concelho.

Acredito que esta terá sido uma boa notícia para algumas coletividades e modalidades do concelho, cuja atividade tem sido condicionada pela falta de pavilhões, uma das infraestruturas desportivas que mais faz falta no nosso concelho.
Senão vejamos, a VizelaSkating foi apresentada em dezembro do ano passado, despertando o interesse de muitas crianças vizelenses que gostam de patinagem, no entanto, desde essa altura o seu trabalho tem sido feito a conta gotas, pela inexistência de espaços para treinar ou fazer as suas apresentações. Também o basquetebol do FC Vizela tem sofrido com a falta de um pavilhão, para a sua atividade, tendo inclusive pago multas à Associação de Basquetebol de Braga, a época passada, por utilizar o pavilhão da escola de Infias, que não tem tabelas, nem marcações para a modalidade.

Depois há o ténis de mesa do Desportivo, que sei, gostaria de ter um local, para ter a estrutura de mesas montada, para evitar esse trabalho a cada treino e a cada competição. E por falar em Desportivo, há cada vez mais equipas de futsal, muitos jovens na formação, com muitas horas preenchidas de treino e de jogos. Apesar de ter ficado com o pavilhão de S. Paio, esse espaço é ainda assim pouco para as necessidades.
Por esta altura, o Callidas Club não tem equipas em competição, apenas algumas sessões de formação para os mais pequenos, mas esta é uma situação, que poderá ser invertida nos próximos tempos, até porque vão acontecer eleições na coletividade, o que poderá proporcionar uma outra realidade e quem sabe o regresso do andebol de competição a Vizela.  Felizmente que há muitas modalidades em Vizela, mais do que os pavilhões suportam. Mesmo com o Pavilhão da Escola Secundária, remodelado e de novo em atividade, todos sabemos que faz uma falta tremenda, uma infraestrutura nova e moderna, com condições para o trabalho das equipas e dos atletas e para a realização de prova e espetáculos.

2- O FC Vizela tem tido excelente prestação, neste início de temporada, vitórias e boas exibições, que deixam os associados e adeptos felizes. Ainda assim, o treinador Álvaro Pacheco não perde uma ocasião para deitar água na fervura. Seguindo como sabemos as diretrizes da SAD, o treinador voltou a afirmar em Fafe, depois da vitória clara sobre a formação justiceira, que é mais uma vez candidata à subida, que a sua equipa apenas é apenas, “candidata a somar os três pontos a cada jogo”.
Depois de duas temporadas consecutivas de frustração, em que o FC Vizela morreu na praia, as cautelas são agora muitas e os compromissos assumidos são apenas de trabalho e de luta por vencer a cada jogo que aparece pela frente. Como diz o povo e com razão “gato escaldado de água fria tem medo”, é o que acontece a este Vizela, que para já se mostra um autêntico felino, cheio de qualidade e capacidade, mas a procissão ainda vai no adro.