Remate Certeiro 14.06.2018

Zélia Fernandes

2018-06-14

Partilhe:


1-Ai estão as emoções do Campeonato do Mundo de Futebol, com Portugal e entrar em campo, esta sexta-feira, frente à vizinha Espanha. Para já, grande acalmia e poucos palpites em relação ao que poderá ser a prestação de Portugal, na Rússia. Depois da conquista do Campeonato da Europa, em França, os portugueses viveram momentos de verdadeira euforia com este primeiro grande título da nossa seleção que, pode dizer-se, poucos estavam à espera. Agora há muita contenção por parte dos adeptos portugueses, que decerto estão à espera do primeiro jogo para perceber se Portugal mantém a estaleca de equipa vencedora. Esta cautela tem a ver sobretudo com os jogos de preparação, pois é verdade que os empates com a Tunísia e com a Bélgica souberam a pouco. No entanto, o desafio do estádio benfiquista deixou indícios de que vai ser possível realizar um bom Campeonato do Mundo, embora não possamos dizer que Portugal seja um potencial candidato à conquista do caneco. Cauteloso tem sido também Fernando Santos, chamando a atenção para algumas dúvidas que ainda pairavam no seu espírito quanto ao conteúdo do onze que vai preparar para o primeiro embate, por coincidência, aquele que parece revestir-se de maiores dificuldades. 
Resta aguardar para ver o que nos proporciona a seleção das quinas. “Vamos Ser” é o título do hino de apoio à Seleção Nacional, por isso “vamos ser” fortes, determinados e confiantes, pois se conquistámos a Europa, também podemos conquistar o Mundo.  

2- Por cá, o desporto vizelense vai continuando a dar-nos motivos para festejar e a deixar-nos a todos orgulhosos. Um fim de semana em que mais vizelenses se sagraram campeões nacionais nas modalidades que praticam. Vários títulos conquistados pelo kickboxing, modalidade em expansão, com dois clubes, a Associação KTF e Desportivo Jorge Antunes, a mostrarem um desempenho de grande nível, tendo como retorno várias subidas ao pódio. Também do Minigolfe chegaram mais dois títulos, um para António José Silva, da Vizelgolfe, e outro para a vizelense Fernanda Costa, ao serviço do Clube de Minigolfe do Porto.  Em destaque esta semana está também Sérgio Oliveira, com uma carreira impressionante e desconhecida da maioria dos vizelenses. Há já muitos anos ligado às corridas de cavalos, o driver, nome dado a quem conduz um sulki, que não é mais do que um atrelado usado para as corridas a trote e galope, tem dominado no Campeonato Nacional. Sérgio já representou Portugal em provas internacionais e este fim de semana faz a sua estreia no Campeonato espanhol. 
Pelo que pude perceber, Sérgio Oliveira é daquelas pessoas cujo sucesso é fruto do trabalho e da dedicação e, apesar de tudo o que conquistou, mantém a autenticidade e a humildade dos verdadeiros campeões.