O EXEMPLO QUE CHEGOU DE LONGE

José Borges

2018-07-26

Partilhe:


Exemplar. Este será o adjetivo que encontro para classificar toda uma organização, que permitiu resgatar para a vida, uma jovem equipa de futebol e o seu treinador na Tailândia. Várias têm sido as ocasiões, em que neste espaço, tenho feito a apologia das vantagens resultantes para os seres, que se agregam, e em equipa pugnam por resultados. Subjacente ao rendimento (resultados), estão as prorrogativas, que marcam e distinguem as grandes equipas. Ambição, solidariedade, compromisso e espírito de equipa, que no fundo é a fusão de todas aquelas. As imagens, amplamente mediatizadas e oriundas da Ásia, trouxeram-nos uma outra realidade e altamente valorizada pelas equipas daqueles quadrantes. A meditação. Meditação, prática, que faz com que seja possível cultivar e desenvolver as qualidades humanas básicas, e dela tirar proveito em todas as vertentes da atividade humana. Perfeitamente aplicável ao coletivo como se comprovou neste caso. Que todos saibamos recolher o exemplo e sobretudo refletir, acerca da definição dos padrões, que claramente distinguem e diferenciam os ritmos de vida de duas sociedades. A ocidental e a oriental.
- Por cá, e desportivamente falando, os tempos são de férias e marcados pela preocupação de fazer as malas, por parte daqueles que têm o privilégio de gozar férias fora das suas fronteiras. Outros, que por opção se limitam às fronteiras definidas pela sua área de residência, não se devem sentir condicionados ou limitados, também eles podem beneficiar e usufruir de momentos únicos e diferenciadores. Normalmente, não elaboram grandes planos, e como tal, não correm o risco de não ter tempo, para deixar tempo para aquilo que é fundamental para um período, que nos exige comportamentos compatíveis com a necessidade de relaxar o espírito e renovar a mente. Olha e já agora, poder exercer e beneficiar das vantagens da meditação.
- Aconteceu a investidura dos corpos dirigentes, que vão dirigir os destinos do CCD de Santa Eulália. Trata-se do décimo mandato consecutivo do seu presidente, o Prof. Carlos Faria. Este elemento, aliado a outros, evidencia a disponibilidade, a competência do seu presidente, bem refletida na obra feita e na organização do Clube. Daqui, deste espaço, as minhas felicitações ao Sr. Presidente e aos elementos que o acompanham na nobre missão de servir um Clube e em consequência uma comunidade.
Para todos os Clubes da nossa comunidade e que se preparam para as competições que que se avizinham, as maiores felicidades. Que os seus resultados estejam à medida das suas ambições.