Editorial 27 de fevereiro de 2020

Fátima Anjos

2020-02-27

Partilhe:


Esta semana, publicamos um excerto da entrevista que o empresário Modesto Araújo concedeu à Rádio Vizela e que foi emitida no último sábado. O administrador da Vizelpas é agora também vice-presidente da Direção da Associação Portuguesa da Indústria de Plásticos e afirma-se revoltado com as notícias que têm vindo a público e que responsabilizam o setor que representa pela poluição dos oceanos com repercussões para a vida animal e humana.

De realçar que ao longo desta entrevista, Modesto Araújo não desresponsabilizou o papel que deve assumir a indústria de plástico, garantindo que a mesma está empolgada com a possibilidade de se reinventar no sentido de se tornar mais amiga do ambiente, ou seja, seguir caminho rumo à sustentabilidade. No entanto, também não deixou de defender, e apresentou os seus argumentos, que o plástico foi sempre mais uma solução do que um problema. Afirma, por isso, que o problema está no comportamento das pessoas e no destino que esta dá ao plástico, pois assegura que este não vai parar sozinho aos oceanos.
 
Situação para refletir e também para agir. Sem extremismos, podemos todos procurar que o planeta sobreviva à nossa pegada! E será também, por isso, que na 7ª Gala Rádio Vizela, que terá lugar no próximo dia 14 de março, prometemos um “Ambiente Perfeito em Festa”.

Entretanto, a última semana em Vizela foi também marcada pela inauguração das obras de requalificação da Av. Eng. Sá e Melo. Para quem lá passa todos os dias, e também porque a Rua Dr. Abílio Torres se mantém aberta em dois sentidos, não há dúvidas de que existe uma maior fluidez do trânsito. Ao nível estético também são notórias as diferenças, até porque os passeios, na área junto à Estação e de acesso ao Centro de Saúde encontravam-se muito degradados.  
O que se espera é que os condutores percebam que se trata de uma rua citadina e não façam dela uma pista de rali, caso contrário, caberá a quem de direito perceber se não terá de tomar medidas no sentido de moderar a velocidade, nomeadamente, a elevação das passadeiras. A verdade é que já não falta quem carregue no acelerador, principalmente, no período noturno, aproveitando o piso novo mas colocando em risco quem decida passar a estrada nas várias passadeiras que atravessam a avenida.

Ainda esta semana, não deixar de parabenizar a Casa do Povo de Vizela que se prepara para este sábado, comemorar o seu 76º aniversário. É uma resistente e tal se deve aos seus dirigentes, neste caso, também ao atual presidente Júlio César Ferreira. Estamos certos de que continuará viva, contribuindo para o desenvolvimento do concelho.
Bom fim de semana!