Renúncia ao lugar de líder do Grupo Municipal (act.)

Eleitos da Coligação PSD-CDS/PP para a Assembleia Municipal de Vizela estiveram ontem reunidos.

Numa reunião, na qual também estiveram presentes os presidentes das Comissões Políticas das Concelhias do PSD e do CDS/PP de Vizela, Jorge Pedrosa e José Abreu, respetivamente, Francisco Ribeiro, candidato da Coligação à presidência da Assembleia Municipal nas últimas Eleições Autárquicas, fez saber que renunciaria ao lugar de líder do Grupo Municipal. 

Os motivos de Francisco Ribeiro

Entretanto, em declarações à Rádio Vizela, Francisco Ribeiro afirma ter apresentado o pedido de renúncia da liderança do Grupo Municipal, porque entende que, nessa mesma qualidade, deveria ter sido envolvido nas “negociações com o Movimento Vizela Sempre e não apenas confrontado com factos consumados”. Desta feita, Francisco Ribeiro refere ter sentido “a falta de confiança dos líderes dos partidos que constituem a Coligação”. Entende o social-democrata que Jorge Pedrosa e José Abreu comprometeram a orgânica individual do Grupo Municipal, não envolvendo os visados nas negociações em curso, principalmente, quando em causa estava um Órgão, ao qual estes não foram candidatos.

Segundo fonte ligada a esta força política, será Júlio Costa que vai integrar a lista que amanhã irá a votos, tendo em vista a constituição da Mesa da Assembleia Municipal de Vizela para o mandato 2017-2021, e que será liderada por Fernando Carvalho. Não se prevê a apresentação de uma outra lista por iniciativa do Grupo Municipal da Coligação.

Ainda segundo a mesma fonte, a liderança do Grupo Municipal da Coligação PSD-CDS/PP para o mandato que agora se irá iniciar será da responsabilidade de Fernando Costa, o número dois da candidatura que foi a votos e que está ligado ao CDS/PP.