Proteção Civil corrigiu informação sobre alerta laranja

Afinal não é Braga mas sim Aveiro, conjuntamente com Porto e Lisboa, os distritos que estão em alerta laranja.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil corrigiu a informação inicialmente transmitida à Comunicação Social e colocou, isso sim, em alerta laranja, o segundo mais grave da escala, o distrito de Aveiro e, ainda, os distritos de Lisboa e Porto. Em Conferência de Imprensa, o Comandante Nacional da Proteção Civil, Duarte Costa, justificou a decisão de elevar o estado de alerta com o facto destes três distritos serem os que apresentam mais riscos e mais casos de infeções. A medida pretende mitigar os efeitos da pandemia e implica maior prontidão e disponibilidade dos meios da Proteção Civil.

Os restantes distritos, entre os quais Braga e Viana do Castelo, no Minho, continuam, por isso, em alerta amarelo, o terceiro mais grave da escala.

Já na última terça-feira, as autoridades  tinham ativado o Plano Nacional de Emergência de Proteção Civil devido à pandemia provocada pelo novo Covid-19.

O número de casos confirmados de infeção subiu esta quarta-feira para 2.995 casos em Portugal, mais 633 do que no dia anterior.