Paulo Renato pede mais habitação e unidades industriais

Moreira de Cónegos está a assinalar a passagem do seu 22º aniversário de elevação a vila.

As comemorações começaram na sexta-feira, dia 16, e chegam esta tarde ao fim. Mas o ponto alto foi a sessão solene, na sede da Junta de freguesia.

Paulo Renato, presidente da Junta de Freguesia de Moreira de Cónegos, começou por agradecer “a atenção especial que a Câmara Municipal de Guimarães tem dado às freguesias” e deixou palavras de apreço aos homenageados da cerimónia solene. Foram eles os melhores alunos do 1º ciclo das escolas da freguesia, mas também Maria Jesus Carvalho, diretora da EB 2,3 de Moreira de Cónegos, e o CCR local. Maria Jesus Carvalho recebeu a Medalha de Honra da freguesia e ao CCR de Moreira de Cónegos foi atribuída a Medalha de Mérito Cultural. Mas o discurso de Paulo Renato focou-se, sobretudo, no desenvolvimento da sua vila. Falou da “Escola de Vermis para que seja concretizado o projeto do Centro Escolar”, projeto este que “já está elaborado”. O autarca falou ainda da necessidade de melhorar a Extensão de Saúde de Moreira de Cónegos. Disse Paulo Renato que este espaço “já não cumpre as necessidades”, no entanto, adiantou que foi “encontrado o terreno” indicado para a instalação de uma Unidade de Saúde Familiar na freguesia.

Paulo Renato apontou duas lacunas. A primeira dependerá da Câmara vimaranense e a segunda competirá à iniciativa privada: “A criação de uma nova área industrial, pois, se há poucos anos tínhamos unidades industriais devolutas, hoje estão todas e bem ocupadas, é necessário, por isso, encontrarmos resposta para novas unidades industriais. Depois, é necessário serem criadas novas áreas habitacionais, pois estamos cansados de vermos os nossos jovens partir para concelhos vizinhos por falta de habitação em Moreira de Cónegos”.

Presente na sessão solene esteve Amadeu Portilha, vice-presidente da Câmara de Guimarães, que sublinhou a importância do poder local: “Esta é a celebração do poder local Acho que é das maiores riquezas que nós herdámos desde que houve uma revolução em abril”.

As comemorações do 22º aniversário da elevação de Moreira de Cónegos a vila terminam com a atuação da Banda Filarmónica de Moreira de Cónegos. A atuação tem início às 16h30, no adro da igreja.

 

 

Mais pormenores na próxima edição do RVJornal