Nova Unidade de Saúde de Moreira será no Lugar de Aviascos

Ficará localizada no Lugar de Aviascos a futura Unidade de Saúde de Moreira de Cónegos.

Na passada quinta-feira, dia 05 de julho, o Executivo Municipal de Guimarães aprovou por unanimidade a cedência do terreno à Administração Regional de Saúde (ARS) Norte.

De acordo com a Câmara Municipal de Guimarães (CMG), a autarquia “cede o terreno com a área total de 11644 m2, no Lugar de Aviascos, e a ARS Norte promove a construção de uma nova Unidade de Saúde naquele local”, sendo que o direito de superfície a favor da entidade regional de saúde será “a título gratuito, pelo período de 50 anos, com possibilidade de renovação por períodos de cinco anos”.

António Brás, presidente da Junta de Freguesia de Moreira de Cónegos, já reagiu à aprovação da cedência do terreno onde será construído o futuro centro de saúde da vila: “Já não é só esperança, é uma certeza que Moreira de Cónegos irá ter o seu centro de saúde”. Para o autarca, o momento é significativo também pelo “cumprimento de uma promessa” do presidente da CMG, Domingos Bragança. “Registamos essa sensibilidade de toda a vereação, em especial do presidente, Dr. Domingos Bragança”, referiu António Brás.

O autarca de Moreira de Cónegos explica que continua a sensibilização da população para “efetuar uma pré-inscrição ainda no atual centro de saúde” para que possam “usufruir dos serviços” que irão ser prestados na nova Unidade de Saúde. “O que interessa é que haja mais serviços, com melhor qualidade”, considera António Brás.

 

Câmara de Guimarães atribui apoio ao Hospital Senhora da Oliveira

 

Na última quinta-feira, o Executivo Municipal de Guimarães também aprovou a atribuição de um apoio financeiro na ordem de 1 milhão150 mil euros para intervenção no Serviço de Urgência do Hospital Senhora da Oliveira, unidade hospitalar que serve de referência a Vizela. Este apoio “atribuído pela CMG para a execução de obras de adaptação e requalificação no Serviço de Urgências do Hospital visa complementar a verba atribuída pela candidatura no âmbito do Norte2020”, lê-se no comunicado emitido pela CMG.

Ainda segundo o Município vimaranense, “o Hospital de Guimarães obteve um apoio financeiro do FEDER de 892 mil 500 euros, correspondendo este montante a 85% da verba total elegível. Para completar a verba necessária para o projeto - cujo valor total é de 2.521.451,80 euros, mais IVA, o Hospital solicitou à Câmara Municipal um apoio financeiro na ordem dos 1 milhão 150 mil euros, sendo o restante valor assegurado por verbas próprias daquele Hospital, podendo, contudo, vir a captar mais verbas para este projeto pelo que o esforço do Município poderá ser reduzido”.