Lousada investiu 1,8 milhões de euros em luminárias LED

60% de poupança com iluminação pública LED

"Em maio do ano passado, o Município de Lousada era considerado pioneiro com Iluminação Pública 100% LED", começa por referiu uma nota de imprensa da autarquia lousadense.

Segundo o comunicado, "o concelho que, em 2011 tinha desligado três mil luminárias devido ao aumento da despesa provocado pelo aumento do IVA de 6% para 23% nas tarifas da energia, decidiu avançar com uma solução ambientalmente mais sustentável e mais económica. Efetuada a avaliação com os gastos de iluminação pública, e tendo como referência o ano de 2015, altura em que se iniciou o processo e após a ligação de todas as luminárias, verifica-se uma redução aproximada de 60% no valor da fatura do Município com energia".

Acresce referir que "prossegue a expansão da rede com cobertura de novas áreas implicando a colocação de novas luminárias nas diferentes freguesias do concelho".

Segundo o Município de Lousada, "o investimento realizado aproximou-se de 1,8 milhões de euros que se traduziu na colocação de novas luminárias com tecnologias LED cujas principais vantagens são o baixo consumo energético e a elevada durabilidade".

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Lousada, Pedro Machado, “a redução verificada com a iluminação pública vem corroborar a aposta que fizemos quando avançamos para a tecnologia LED. De acordo com os dados recolhidos confirma-se que o investimento efetuado vai ser recuperado na totalidade em quatro anos, até 2020. Não menos importante que a poupança que obtivemos é a redução significativa das emissões de CO2 que se firma em cerca de 1000 toneladas anuais”.

"No ano passado, com a substituição da iluminação tradicional pela tecnologia LED, verificou-se ainda uma redução dos níveis de poluição luminosa, uma vez que o feixe de luz é direcionado na totalidade para baixo", lê-se ainda.