Lousada dá hoje início ao Ano Municipal da Educação

Rádio Vizela entrevistou o vereador da Educação da Câmara Municipal de Lousada, António Augusto Silva.

A Câmara Municipal de Lousada (CML) dá hoje início ao Ano Municipal da Educação. A abertura oficial, pelas 21h00, terá lugar na Escola Secundária de Lousada, que recebe uma conferência dinamizada por Magda Gomes Dias, fundadora da Escola da Parentalidade e Educação Positivas e também do blogue “Mum’s the boss”. A entrada é livre.

António Augusto Silva, vereador da CML, salientou, em entrevista à Rádio Vizela, que o “conjunto de atividades” vai reforçar “a centralidade que a Educação tem no concelho de Lousada”. Serão seis os eixos a desenvolver ao longo deste Ano Municipal da Educação, nomeadamente instalações; facilidades para os encarregados da educação; atividades para todos; capacitação/formação; valorização/reconhecimento e inclusão.

De acordo com o vereador, cada um destes eixos terá uma série de iniciativas que serão desenvolvidas até janeiro/fevereiro de 2020, ano em que está projetado o término do Ano Municipal da Educação. No que concerne ao eixo das instalações, o vereador António Augusto Silva destacou a “renovação de um conjunto muito significativo de parques infantis, obras num conjunto significativo de escolas, nomeadamente na EB 2,3 de Lousada, o reforço de equipamentos, sobretudo nas escolas do primeiro ciclo do ensino básico, e ainda obras ligadas à eficiência energética”. Quanto ao eixo relacionado com as facilidades para os encarregados de educação, o vereador deu o exemplo “da substituição de cartas e outras comunicações em papel por via digital, através do sistema integrado de gestão de aprendizagens, o Município irá ainda assumir, para os alunos que tenham subsídio A e B, do 1º ciclo, o pagamento dos livros de fichas”, além disso, acrescentou o vereador, o Município irá promover “a aprendizagem do xadrez, oficinas de escrita criativa, oficinas de teatro e de arte pública, filosofia para crianças, iniciação à programação”, isto relativo ao eixo atividades para todos.

Relativamente ao eixo capacitação/formação, indicou o vereador: “Vamos organizar um conjunto de jornadas, umas dedicadas à psicologia escolar, outras de educação inclusiva, de formações parentais, entre outras”. Em relação ao eixo valorização/reconhecimento, apontou a implementação do “Prémio Lousada Educa Mais, para promover e apoiar projetos pedagógicos nas escolas, a edição da história da educação do concelho de Lousada, entre outras iniciativas”. Quanto ao eixo da inclusão, frisou ainda o vereador: “Vamos adotar, para o 1º ciclo, o ColorADD Social, portanto um conjunto muito diversificação de ações que vamos levar a cabo”.

Envolver toda a comunidade educativa será fundamental para o sucesso do Ano Municipal da Educação, reforçou o vereador António Augusto Silva: “Vai envolver toda a comunidade educativa uma vez que estas atividades destinam-se a alunos, encarregados de educação, professores, pessoal não docente e outras pessoas que não estando nas escolas beneficiam também destas atividades, por exemplo, os seniores através da aprendizagem da informática”.

Algumas das atividades previstas, disse o vereador, estarão também direcionadas para os alunos que frequentam as escolas privadas do concelho.

António Augusto Silva acredita que algumas das iniciativas irão ter continuidade nos anos seguintes: “Estes anos [temáticos] são oportunidades de experimentar coisas novas, de lançar novas atividades, portanto é de esperar que muitas delas vão continuar nos próximos anos”.

Segundo o vereador, o tema da Educação, em Lousada, “não tem problemas estruturais muito complexos”. “Temos a Educação a funcionar em velocidade cruzeiro, o abandono escolar - que foi um problema no passado - está completamente velado, agora esperamos que para além de os alunos estarem na escola, que os alunos façam aprendizagens com mais qualidade e que os resultados e o sucesso escolar sejam maiores. O desafio é agora aumentar o sucesso escolar dos alunos”.