Jorge Pedrosa apresenta 10 medidas do programa da Coligação

Anúncio foi feito em ação de campanha e serviu para apresentar candidatos. Francisco Ribeiro é o candidato à AMV.

Coligação “Vizela é para Todos” deu hoje o pontapé de saída de uma nova fase da campanha eleitoral, tendo em vistas as Eleições Autárquicas, que se encontram marcadas para o dia 01 de outubro.

No Jardim Manuel Faria, a coligação que une as concelhias do PSD e CDS/PP apresentou os candidatos às cinco Juntas de Freguesia do concelho. São eles os seguintes: Cidália Faria (S.Miguel/S. João); Nuno Azevedo (Santa Eulália); Carlos Magalhães (Santo Adrião); Manuel Freitas (Tagilde/S. Paio) e Francisco Correia (Infias).

Na presença dos representantes das Distritais do PSD e do CDS/PP, Ricardo Rio e Altino Bessa, respetivamente, foram ainda dados a conhecer o mandatário da lista - Belmiro Martins - e o diretor financeiro - António Azevedo. O diretor de campanha é José Abreu.

Francisco Ribeiro vai liderar lista à Assembleia Municipal

Ainda antes do candidato Jorge Pedrosa se dirigir aos presentes, foi anunciado o nome de Francisco Ribeiro como sendo o candidato da coligação à Assembleia Municipal de Vizela (AMV). Já há algum tempo que era notória uma reaproximação do social-democrata Francisco Ribeiro à estrutura do partido, quatro anos depois de ter ficado de fora das listas da coligação, na altura lideradas por Miguel Lopes. Recorde-se que Francisco Ribeiro já liderou a Comissão Política da Concelhia de Vizela do PSD, tendo sido candidato da Coligação também à AMV nas Autárquicas de 2009 e consequentemente liderado o grupo municipal desta força partidária nos quatro anos que se seguiram.

O nome de Francisco Ribeiro foi anunciado por Fátima Andrade, a atual líder da bancada da coligação na AMV. No final, a Rádio Vizela quis saber se Fátima Andrade vai integrar a lista da coligação à Câmara Municipal de Vizela (CMV), mas Jorge Pedrosa referiu que essa é uma resposta que será dada em altura própria e numa fase mais posterior.

Jorge Pedrosa avança com dez medidas do seu programa eleitoral

Do discurso de Jorge Pedrosa destacaram-se as dez medidas que irão constar do seu manifesto eleitoral e que hoje foram colocadas a nu pelo candidato que é natural de Santa Eulália, freguesia pela qual concorreu nas últimas eleições.

A primeira incide sobre a realização de uma auditoria às contas do Município. “Os vizelenses têm o direito de saber o porquê da CMV ter sido obrigada a passar pela humilhação de ser governada a partir do PAEL”, salientou o candidato, que apontou a saída deste programa como a segunda medida do seu programa. “A CMV tem todas as condições para sair do PAEL, exigimos que o faça. Mas se não o fizer, a coligação saberá como o fazer”, garantiu o político.

Coligação promete baixar IMI e criar Parque Industrial

Numa altura em que as candidaturas do PS e do Movimento Vizela Sempre vão ocupando o espaço público com “acusações mútuas”, Jorge Pedrosa, no discurso desta tarde, optou por falar muito pouco da oposição, centrando as suas atenções nas bandeiras da sua candidatura. Prometeu baixar o IMI e criar o Parque Industrial. “Se não houver investimento não haverá crescimento de riqueza. É preciso atrair novos empreendedores e empresários para criar novos empregos”, destacou o candidato.

Criação do Auditório Municipal e Pacote de Medidas de Estímulo à Natalidade

Depois passou para a quinta medida e falou da criação do Auditório Municipal: “Seja no espaço inacabado do Edifício-Sede ou no Castelo. A Coligação pretende diversificar a oferta cultural do concelho. É necessário ter uma verdadeira agenda cultural e recuperar os símbolos de uma Vizela Romana e Contemporânea”.

Perante os presentes, Jorge Pedrosa assumiu ainda que se vencer as eleições irá criar o Gabinete de Apoio ao Associativismo (dando especial atenção à necessidade de recuperação e construção de infraestruturas) mas também proceder a um estudo, tendo em vista a reorganização da rede viária, o que incluirá ainda a elaboração de um plano de transportes para promover a mobilidade entre freguesias. A coligação entende ainda como uma prioridade a criação de um pacote de medidas de estímulo à natalidade. “Poremos à disposição dos casais que tenham filhos um pacote articulado de medidas para que a vida não se esvazie daquilo que é o melhor do mundo - as nossas crianças”, disse o candidato.

O Rio Vizela e a recuperação das Termas Vizela

Por fim, o candidato, que quis deixar claro que o programa eleitoral irá mais além do que as medidas hoje apresentadas, apresentou ainda mais dois compromissos: olhar pelo Rio Vizela, batendo-se pela sua despoluição e criação de espaços de lazer, e recuperar as Termas de Vizela, encontrando uma solução que permita desfazer o constrangimento que existe entre a CMV e o Grupo Tesal “para se abrirem caminhos para o desenvolvimento do comércio e do turismo de forma a se recuperar o nosso ex-líbris, fazendo dele a imagem de marca do concelho de Vizela”.