Jairo Alves correu 1ª etapa do Nacional de Todo-o-Terreno

Piloto vizelense refere que esta competição serve de preparação para o Rally Raid

Arrancou o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, que vai ser composto por sete jornadas, organizado pela Federação de Motociclismo de Portugal.

A competição contou com a presença do piloto vizelense Jairo Alves, que participou na competição dos quads. Apesar desta presença Jairo Alves, refere que este, “não vai ser o meu campeonato principal, mas vou fazê-lo para treinar, e claro darei sempre o meu melhor”.

Sobre esta participação, Jairo Alves, refere que “acabou por correr bem, pois num percurso muito técnico, mais talhado para quads da categoria 450cc, eu participei com um quad de 700cc”.

No sábado realizou-se o prólogo de 10 km, para definir as posições de arranque no domingo e Jairo Alves fez o sexto tempo, a 1, 50 minutos, do primeiro lugar.

No domingo manteve o sexto posto e terminou a corrida em sexto lugar, a 24 minutos do vencedor, o atual bicampeão nacional de TT, e campeão do mundo de Bajas, Arnaldo Martins

Refira-se que o segundo dia de prova contou com dois troços seletivos de 100 km cada, percorridos nos concelhos de Góis e Arganil. Um percurso exigente, com uma mistura de zonas rápidas em estradões de terra batida, com outras zonas mais técnicas de pedra.

Para o piloto esta foi uma “participação positiva, num campeonato nacional de TT extremamente competitivo”. O campeonato em que voltará a apostar, é aquele em que na época passada assegurou o título nacional, o CNRR (Rally-Raid), que começará apenas em maio.

Refira-se que a comissão TT vai continuar apostar no já popular e concorrido campeonato Rally Raid, que se estreou com bastante sucesso neste ano de 2018 depois de uma fase anterior como troféu, e que vai agora contar com uma mão cheia de provas onde se destaca a estreia do Góis Moto Clube como anfitrião de uma das etapas da disciplina. Esta primeira edição teve a vitória do vizelense, que aposta na sua reconquista.

 

CALENDÁRIO RALLY RAID

 

11 e 12 de maio – Marco de Canavezes

 08 a 10 de junho – a designar

 19 e 20 de outubro – Góis

 09 e 10 de novembro – Reguengos de Monsaraz

 07 e 8 de dezembro – Alcanena