Inaugurada requalificação da Estrada Municipal 575

Foi esta manhã inaugurada a requalificação e beneficiação da Estada Municipal 575 em Conde/Gandarela.

A inauguração decorreu no âmbito das comemorações do feriado municipal de Guimarães e assume especial importância atendendo ao elevado tráfego da via que faz a ligação ao nó da autoestrada em Serzedelo.

A obra foi benzida pelo arcipreste de Guimarães e Vizela, Constantino Matos de Sá, e de seguida vieram os discursos. Fernando Fernandes, presidente da Junta de Freguesia, veio dizer que esta obra “passou a ser o cordão umbilical desta União de Freguesias” e que a mesma vem “criar infraestruturas necessárias à consolidação das populações”, assumindo igual importância para a “criação de emprego”.

As primeiras palavras de Domingos Bragança foram para a importância do 24 de junho de 1128. Este ano comemora-se a passagem dos 890 anos da Batalha de S. Mamede, data considerada pelos vimaranenses como o Dia Um de Portugal. O presidente da Câmara Municipal de Guimarães quer que este dia seja feriado nacional pela importância que teve na história da fundação da nacionalidade.

O presidente do Município vimaranense também enalteceu a importância da obra inaugurada em Conde/Gandarela e deixou a garantia que a mesma será para continuar até ao território de Serzedelo. Domingos Bragança quer que “todas as infraestruturas e equipamentos necessários para a qualidade de vida” existam em todo o concelho. “Eu não quero uma obra qualquer (…) quero um obra que tenha qualidade”, afirmou o edil vimaranense, enquanto falava da importância da coesão territorial no concelho de Guimarães.

O programa das comemorações do feriado municipal em Guimarães prossegue. Pelas 12h30 haverá a missa solene, na Igreja da Oliveira e o ponto alto está reservado para as 18h30, no Paço dos Duques de Bragança. Aqui terá lugar a sessão solene e a aposição de medalhas honoríficas. A Medalha de Honra Municipal será atribuída a António Mota Prego e João Gomes Alves. A atribuição das Medalhas de Mérito Municipal foi aprovada por unanimidade para Arménio Sá (Mérito Artístico), Manuel Mendes (Mérito Desportivo) e João Sousa (Mérito Desportivo).