FC Vizela regressou para se "intrometer" na luta pela subida

Plantel com 22 jogadores ainda não está fechado, devendo entrar mais três elementos

Foi dado esta manhã, o pontapé de saída para a temporada 2019/20, do FC Vizela, que apresentou um plantel, ainda não completo, formado por 22 jogadores. Metade destes são renovações, seis são reforços e os restantes cinco são jovens jogadores, que estavam emprestados e regressam ao clube, pelo menos para fazer parte desta pré-temporada.

Questionado se este é um plantel menos ambicioso do que o da época passada, Diogo Godinho, presidente da SAD, afirmou que não foi possível manter alguns jogadores.  “Em relação aos jogadores que saíram, não tinham contratos. Foram feitos convites a alguns deles, mas não podemos obriga-los a ficar.  Alguns ainda foram para a 2ª Liga. Já sobre os regressos, afirmou que “são miúdos que eram dos Juniores, que foram emprestados e que agora, acreditámos estão preparados para esta divisão. Acreditamos, que são mais valias, mas a pré-temporada vai ou não nos confirmar isso”

O plantel está praticamente fechado, “há ainda duas ou três posições, para colmatar”, mas certo é que será um plantel mais curto. “Isso ficou logo definido à partida, que teríamos que encurtar o plantel, pois um grande número de jogadores, acaba por ser uma dor de cabeça, para quem está a gerir a equipa. Esse foi um dos objetivos e até um dos pedidos de Álvaro Pacheco”, afirmou Diogo Godinho.

Sobre os objetivos, a estrutura diretiva não assumiu desta vez, de forma taxativa, a subida de divisão, muito por culpa da composição desta Série A, que nesta temporada vai integrar as equipas bês, numa “luta injusta e desigual”, como considerou o presidente da SAD. “Acho que estão identificados os candidatos à subida de divisão, que são o Braga B e o Vitória B, que tem armas, que ninguém tem neste campeonato”. Ainda assim, o FC Vizela promete intrometer-se nesta luta.  “Certo é que o FC Vizela entrará sempre para ganhar. É para ira para cada jogo para ganhar e lutar pelos primeiros lugares. O que quero é que os jogadores lutem, deem tudo e dignifiquem a rainha que levam ao peito.

Diogo Godinho assumiu-se “frustrado com as duas últimas temporadas”, afirmou que “não estamos obcecados com a subida, mas sim andar nos primeiros lugares na luta com as equipas bês”. A injustiça do figurino competitivo foi de novo realçada pelo dirigente, pois se como salientou “se houvesse justiça e fossem premiados os melhores, já tínhamos subido”.

 

Álvaro Pacheco quer união forte entre todos os intervenientes

 

Álvaro Pacheco mostrou-se feliz pela aposta feita em si, para liderar esta equipa, elogiando a organização que encontrou em Vizela. “Vim para um clube muito organizado, onde todos sabem o trabalho a fazer, e o que é pretendido. Um trabalho que vou desenvolver com gente competente e ambiciosa”.

Sobre o grupo que lidera afirma que o objetivo é ter uma equipa “comprometida, corajosa e competente e que tenha como objetivo jogar para ganhar, a cada semana”.

Lidera uma equipa jovem, que pretende “rentabilizar, motivar e valorizar ao longo da caminhada, que se avizinha”. Álvaro Pacheco apontou algumas vezes a palavra “união”, para exemplificar o que pretende para a temporada, contando com a “envolvência e compromisso de todos”. 

Sobre o plantel referiu estar satisfeito, com o que a SAD, “proporcionou ao nível de jogadores e das condições criadas para o grupo”. Afirmou ainda, que todos sonham com a subida, e promete trabalhar para “que esse sonho possa ser possível, apesar de todas as dificuldades”.

 

FC Vizela 2019/20

Plantel

Guarda redes

- Cájo

- Rafa

Defesas

- João Pedro

- Kaká

- Koffi

- Isah Musa ex- Mirandês

- Aidara

- João   Faria

Médios

- Kiko

- Landinho ex- AD Fafe

- Zag

- Samu ex-Boavista FC

- Ericson ex- Arouca

- Okoli ex- Mirandês

- Sani ex-Benfica Castelo Branco

- Marcelo ex-sub-23 V. Guimarães

Avançados

- André Soares

- Mendes ex – Lusitânia Lourosa

- Kiko Bondoso ex- Lusitano FCV

- Diogo Ribeiro ex-Académica Coimbra

- Francis Cann ex-sub-23 V. Guimarães

- Kuku Fidelis

 

Equipa Técnica e Staff

Treinador - Álvaro Pacheco ex- AD Fafe

Treinador Adjunto – Valdemar Teixeira ex- AD Fafe

Treinador Adjunto – Marcelo Gonçalves ex- AD Fafe

Treinador Adjunto – José Teixeira ex- AD Fafe

Preparador Físico – João Azevedo

Treinador Guarda Redes – Bruno Pinto

Fisioterapeuta – Pedro Nogueira

Fisioterapeuta – Tiago Rafael ex-Juniores FC Vizela

Técnico rouparia – Armindo Ribeiro

Motorista – Daniel Abreu

Diretor Desportivo – Pedro Albergaria

Diretor Geral – Tiago Dias  

 

Apresentação com o Beira Mar no dia 07 de agosto

 

O plano de preparação já se encontra definido e contempla a realização de nove ensaios, cinco deles no Estádio do FC Vizela.

O Sporting de Espinho será o primeiro adversário para um particular (dia 20 de julho), seguindo-se uma receção ao Lusitânia de Lourosa (dia 24) e uma viagem até terras transmontanas para defrontar o Desportivo de Chaves, da 2ª Liga (dia 27).

A fechar julho, o FC Vizela desloca-se à Maia, no dia 30, iniciando o mês de agosto com nova saída, desta feita a Amarante, no dia 02.

Os vizelenses voltam a casa no dia 03 para um jogo com o Merelinense, ficando a apresentação oficial do plantel agendada para o dia 07, às 19h00, frente ao histórico Beira-Mar.

No fecho desta fase preparatória, haverá dose dupla: jogo na cidade termal frente ao Paredes, no dia 10, e deslocação a Leça da Palmeira, no dia seguinte.