Coração Azul enviou carta aberta a ministro do Ambiente

Apela aos decisores políticos para colocarem o Ambiente no centro das planificações.

A Associação Juvenil de Apoio aos Animais enviou ontem uma carta aberta ao Ministro do Ambiente, que estará em Vizela no próximo domingo, para presidir às cerimónias do 19 de Março – Dia do Concelho.

Nessa missiva, a associação diz que “a sua visita não podia chegar em melhor altura” e apela ao governante para que disponha e “invista algum tempo para falar com os decisores políticos porque Vizela e o povo de Vizela está desejoso de ação. Precisamos de menos palmas e mais ações”, lê-se.

Apela ainda ao Ministro Pedro Mota Fernandes que elucide os vizelenses quanto ao futuro. O “Estado vai suspender atividade de empresas que poluam rios, aplicar medidas cautelares, reforçar a vigilância e Vizela precisa de mais Ambiente”, refere na carta aberta.

A Coração Azul diz conhecer o currículo do Ministro do Ambiente reconhecendo-lhe a sensibilidade na área onde atua esperando que “a temática dos animais possa também ser um tema querido”.

Além disso, reclama ainda “um rio limpo, mas não de pistas de pesca desportiva, a recuperação da fauna e da flora, uma floresta devidamente cuidada para evitar a ação dos Bombeiros”. Considera fundamental a criação de um destacamento do SEPNA em Vizela, e o reforço na sensibilização e na educação das populações jovens”.